quarta-feira, 30 de junho de 2010

15 Anos da Rede Vida de Televisão

Rede Vida de Televisão
Uma Tv para Fazer o Bem

O Canal da Familia



A TV QUE ACREDITA EM MILAGRE

 Um jornalista de Barretos, interior paulista, terra da Festa do Peão, montou a maior rede católica de televisão do mundo. Um ato de fé que muitos classificam como um verdadeiro milagre.

  A REDEVIDA de Televisão foi ao ar no dia 1º de maio de 95, data do aniversário de Dom Antonio Maria Mucciolo, transmitindo em caráter experimental. A primeira atração foi a celebração de uma missa ao vivo. O primeiro clip musical mostrou Ivan Lins cantando “É de Deus”. O milagre estava disponível para todo o país através de antenas parabólicas, espalhadas por todo território nacional.



A expansão da REDEVIDA obrigou a emissora a instalar estúdios auxiliares nos grandes centros. A primeira base foi montada em São Paulo. Uma parceria com o Sindicato da Pequena e Micro Empresas do Estado de São Paulo assegura a presença do canal na capital paulista. Em Porto Alegre, o arcebispo emérito Dom Altamiro Rossetti garantiu a instalação de um estúdio auxiliar. O trabalho também viabilizou a instalação de repetidoras em todas as dioceses gaúchas. 

Senado homenageia Rede Vida de Televisão 

O plenário do Senado Federal homenageou, na tarde desta segunda-feira, 21, a Rede Vida de Televisão pelos seus 15 anos de fundação.  A solenidade foi requerida pelo senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) e aberta pelo presidente dos trabalhos plenários da tarde de hoje, o senador Mão Santa (PSC-PI). O parlamentar destacou que, antes do surgimento da emissora, o Brasil vivia uma situação paradoxal. Segundo ele, o país com o maior número de católicos do mundo, não dispunha de uma rede de televisão compromissada com aquela religião.

“Ao contrário, grande parte da programação oferecida por emissoras brasileiras em nada contribuía para a educação, para a dignidade da pessoa humana, nem para a elevação dos padrões éticos e morais do povo brasileiro. Muitas vezes ficamos chocados com uma programação que privilegia a violência, a pornografia, a criminalidade, contribuindo para deseducar a infância e a juventude e preparar a banalização do crime e de condutas moralmente condenáveis”, afirmou Mão Santa.
Para o senador, sem objetivos éticos, os meios de comunicação social podem se destinar apenas a interesses políticos, ideológicos e econômicos "mesquinhos e egoístas". Mais do que uma emissora de televisão dedicada aos que professam a fé católica, a Rede Vida, na opinião dele, contribui para a melhoria dos padrões éticos e de qualidade dos programas de TV.
Segundo Arthur Virgílio, a emissora tem uma programação aberta e debate questões importantes e de interesse da coletividade, ligadas a assuntos de economia, política, cultura e esportes. "A Rede Vida de Televisão é uma emissora que se esforça ao máximo para cultivar um canal adequado para a família, elemento essencial para a formação e desenvolvimento da sociedade", disse o senador, ao justificar o pedido de homenagem.

Na avaliação do senador, os programas noticiosos e de entrevistas, que dividem espaço na grade com transmissões de novenas e missas e de uma variada programação cultural, "vão além de uma mensagem de fé".
“Nesses 15 anos de transmissões, foram ouvidos políticos de todos os credos, o que demonstra o compromisso com a informação, e não com o proselitismo”, disse o senador, ao observar que "nunca ouviu falar de um candidato da Rede Vida".
15anos_rede_vida1 














Virgílio elogiou ainda a capacidade da emissora de se manter fiel ao seu público-alvo ao mesmo em que permite a manifestação aberta das opiniões sobre todos os temas. “Tudo o que precisamos para coroar de êxito a democracia brasileira é de noticiários cada vez mais limpos, isentos, plurais. Vida longa à Rede Vida de Televisão!”.
Participaram da solenidade, o presidente da Rede Vida de Televisão, João Monteiro de Barros Filho; o presidente da diretoria executiva do Instituto Brasileiro de Comunicação Cristão (Inbrac), Marcelo Aparecido Coutinho da Silva; e o arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta. A homenagem foi requerida pelo senador Arthur Virgílio (PSDB-AM).

 Audiência:

Desde sua criação, a Rede Vida de Televisão mantem uma audiência excelênte em se tratando de uma emissora Religiosa, a rede de tv Católica bate os recordes de audiência das emissoras de seu segmento :

 Veja os destaques dos sites especializados em audiência:

Real Time 10h35 SP Globo lider,Record em 3°,Rede Vida bombando

10h35
:Glob: 8.0
:sbt: 5.5
:rec: 4.8
:redv: 1.0
:cult: 0.7
:rnew: 0.7

Lembrando que cada ponto no Ibope equivalhe a 60.000 telespectadores ligados na VIDA.
Note que a Emissora encontra-se em 4° lugar no quadro nacional deixando pra traz emissoras tradicionais como Tv Cultura, Record News, Rede Bandeirantes, Rede TV, MTV.


Um comentário:

  1. Jaguaraci dos Santos23 de julho de 2010 17:24

    Olá sou Jaguaraci dos Santos de salvador/Ba
    sou telespectador da Redevida de televisão,gosto muito dessa rede,pois ela a Redevida me faz tão bem,moro só e aqui em casa a nossa querida Redevida que é o canal da família é minha companheira o meu canal preferido não da outra aqui em casa é só Redevida.

    ResponderExcluir